Competición
VOLVER
17-02-2011
Valora esta competición

Tres jornadas de tests que han quedado deslucidas por la condiciones meteorológicas, aunque el panorama permitía saltar a pista.

Comentarios
Jorge
Vie, 18/02/2011 - 17:22
Gracias por el aporte, Miguel. Acabo de añadir al artículo declaraciones de Oliveira en castellano enviadas por el equipo. Vss

Miguel Fonseca
Jue, 17/02/2011 - 23:58
Declaraciones de Miguel Oliveira (están en Portugués, pero creo que las ponderan comprender)…

Este Teste não foi fácil porque não nos permitiu dar continuidade ao trabalho que levámos a cabo em Valência. A chuva, o vento e as baixas temperaturas não nos permitiram ir além de cerca de 68 voltas no total dos três dias; na terça-feira fizemos 24, também porque tivemos um problema com o motor que nos obrigou a parar algum tempo, quarta-feira nem chegámos a rodar e hoje fizemos 44 voltas.

Mas tendo em atenção estas circunstâncias, considero que o balanço é positivo. Fomos rápidos no molhado e hoje, mesmo com a pista fria, assinámos o melhor tempo de todo o Teste com 1m48,9s.

A nossa meta para estes três dias era ganhar mais experiência nesta pista porque, apesar do Estoril ser o meu circuito caseiro, a verdade é que conheço melhor os traçados espanhóis, onde tenho competido nos últimos tempos. E acho que conseguimos algo de importante aqui.

A estratégia para Jerez vai ser mais focada na resistência e não tanto nos tempos por volta; creio que nos vamos dedicar mais a simulações de corrida, à busca do ritmo de prova, testar pneus para tiradas longas e trabalhar também com pneus usados.

Ainda é cedo para falar de Campeonato, principalmente por ser a minha temporada de estreia, mas creio que uma aposta nos dez primeiros é realista.